Formas terapêuticas

Campos Magnéticos


Os Campos Magnéticos são uma forma de terapia física ao dispor da Fisioterapia.

Após a descoberta da electricidade rapidamente se começou a investigar os seus efeitos sobre o organismo humano no sentido de prevenir eventuais efeitos nocivos.

Concluiu-se que as elevadas intensidades de corrente eléctrica provocavam efeitos indesejáveis, lesões tecidulares. Este efeito destrutivo das correntes de alta frequência foi posteriormente aproveitado no "bisturi eléctrico" usado em cirurgia.

As baixas intensidades, pelo contrário, provocam acções benéficas, úteis no tratamento de alguns estados de doença.

Era do conhecimento da Física que quando uma corrente se propaga ao longo de um corpo condutor gera um campo magnético. Durante décadas se desconheceu se esse campo magnético provocava efeitos nos tecidos vivos.

A progressão destes estudos foi evidenciando alguns efeitos terapêuticos dos campos magnéticos gerados pela corrente eléctrica.

Citamos como importante e eficaz a aceleração na consolidação de fracturas ósseas.

  • É um tratamento não invasivo, indolor, sem efeitos nocivos que acelera a formação do calo ósseo das fracturas.
  • É muito interessante a sua utilização em casos de atraso de consolidação e na prevenção de pseudartroses.
  • É também usado nas fracturas em atletas, reduzindo o tempo de paragem da actividade desportiva.
Tratamento com Campos Magnéticos